Publicações recentes

Publicações recentes:

01 novembro 2008

Santander irá manter a marca Banco Real

Ao contrário do que havia planejando quando adquiriu a instituição financeira no ano passado, o grupo espanhol optou por manter a bandeira devido à força que a marca Real detém entre os clientes brasileiros

O banco espanhol Santander irá manter a bandeira do banco Real em todo o Brasil, contrariando os planos que tinha de, gradativamente, trabalhar com uma única marca e trocar toda a linha de comunicação que conservava o nome do Banco Real. A informação foi publicada na edição desta sexta-feira, 31, no jornal Folha de S.Paulo.

Apesar de já ter iniciado a integração de suas operações administrativas desde a aquisição da instituição financeira, o Santander conservará, a princípio, as duas marcas, tanto nas próprias unidades das agências quanto em toda a linha de comunicação. De acordo com informações da reportagem, a decisão teria sido tomada com base em uma pesquisa, encomendada pela próprio Santander, na qual foi constatada a força da marca Real, sobretudo por sua ligação às ações e causas defensoras da sustentabilidade.

A instituição espanhola chegou a tentar criar uma nova identidade visual, que representasse uma interseção entre os dois logotipos. Tal proposta, por enquanto, não pôde ser concluída pela dificuldade da combinação entre os antagônicos tons de verde e vermelho, que compõem os logos de Real e Santander, respectivamente.

Entretanto, a integração total das operações deverá ocorrer em um prazo de três anos. Nesta sexta-feira, 31, o presidente mundial do grupo Santander, Emilio Botin, apresentará os planos e estratégias para a aglutinação das bandeiras em território brasileiro.

Fonte: Meio&Mensagem - 31/10/08

---

Este post atualiza a notícia anterior. Finalmente o bom senso prevaleceu. O estranho é terem considerado "matar" uma marca tão valiosa...

Um comentário:

Arnaldo Rabelo disse...

O Sr. Fernando Martins, diretor executivo responsável pela Estratégia da Marca e Comunicação Corporativa do Banco Real, acabou de dar a palestra "Gestão de marcas – A marca como cultura da organização" em São Paulo. No evento, disse que os planos do Santander é fazer uma transição em um período de uns 2 anos (quando buscarão manter os melhores valores de cada marca), depois do qual ficará apenas a marca Santander.