Publicações recentes

Publicações recentes:

11 março 2009

Redes sociais mais populares que e-mail

Cerca de 67% dos internautas acessam redes sociais como o Facebook, sendo que no Brasil o percentual atinge 80%; Por aqui, gasta-se 23% do tempo online com essas redes

A atividade mais popular na internet é o acesso a redes sociais, à frente de e-mails, de acordo com estudo lançado pela Nielsen. No total, 67% dos internautas exercem essa atividade, contra 65% que utilizam e-mails, sem contar o fato de que o crescimento do alcance das redes e blogs é duas vezes maior do que de outras ferramentas mais tradicionais, como portais, e-mails e buscas.

Enquanto as redes sociais crescem, os portais estão em declínio, diz o estudo, com participação caindo dos 24% de 2006 para 16% em 2008.

Esses sites de relacionamento já representam 10% do tempo gasto pelas pessoas na internet. O Brasil se destaca neste quesito, com dedicação de 23% do tempo para as redes. Sem contar que o nosso País é o primeiro do ranking de alcance das redes, com 80% das pessoas que tem acesso à internet. Os Estados Unidos por exemplo tem índice de 67% e a Alemanha está bem abaixo, com 51%.

Outro fenômeno apontado é que as redes sociais estão quebrando a barreira dos jovens. A Nielsen descobriu que o maior crescimento da maior rede do mundo, o Facebook, veio da faixa de 35 a 49 anos. Além disso, houve acréscimo de duas vezes mais pessoas da faixa de 50 a 64 anos do que dos menores de 18.

A Nielsen aponta ainda que as três maiores redes sociais do Brasil são Orkut, Sonico e MySpace. O Facebook atinge somente 2% da população online do Brasil.

Em nível global, o Facebook tem 108 milhões de usuários (ou 30% da população internauta do mundo, segundo a Nielsen), contra 81 milhões do MySpace e 19,7 milhões do Classmates IOnline. Com a força dos usuários brasileiros, o Orkut é o quarto maior do mundo, com 17,5 milhões e o Linkedln têm 15%.

Fonte: Meio&Mensagem - 10/03/09

Nenhum comentário: