Publicações recentes

Publicações recentes:

16 agosto 2007

Nizan Guanaes abre capital e lança novas agências

Para abrir capital na Bolsa de Valores e criar braços de suas agências de publicidade fora do País, fomentando a internacionalização, o publicitário Nizan Guanaes , presidente da agência Africa e sócio majoritário da holding Ypy , se uniu a vários investidores que já tinham negócios com ele, como Maria do Carmo de Almeida Braga , a Kati, que entrou para a história corporativa brasileira como a dona do Banco Icatu, hoje transformado em Icatu Holding . Juntos, começam a mexer com o mercado publicitário brasileiro, anunciando aquisições dentro de um orçamento de R$ 100 milhões para serem aplicados até 2010.

Para segmentar o atendimento aos clientes, as novas ações do grupo B\Ypy , braço de serviços de comunicação da holding Ypy , são a criação da agência Hello Interactive e a sociedade com as agências Sunset , New Style e ReUnion . Com isso, o grupo passa a contar com seis agências e aumentará sua participação de 15% para 30% nos negócios da holding Ypy, que este ano deve atingir uma receita de R$ 310 milhões e um crescimento de 20%.

O crescimento anunciado pelos outros sócios de Guanaes no grupo B\Ypy, João Augusto Valente e Bazinho Ferraz faz parte da estruturação que a holding está fazendo para abrir capital e alcançar a internacionalização com a abertura de filiais no exterior, "a exemplo de grandes conglomerados internacionais como Omnicom Group , dos Estados Unidos, WPP Group , da Inglaterra e Publicis , da França", diz Guanaes.

Para ele, este é um momento de profissionalização do Grupo. "Estamos declaradamente copiando os grandes grupos e queremos montar uma multinacional verde-amarela", revelou.

Holding
Criado para ser uma holding financeira, o grupo Ypy tem como acionistas o próprio Nizan Guanaes, com mais de 50% de participação, o grupo Icatu, com 33%, representados por Kati Almeida Braga e João Joaquim de Almeida Braga, e João Augusto Valente, com 16%. O Icatu detém participações em empresas de administração de recursos financeiros, seguros, previdência privada, capitalização, incorporação imobiliária, saúde e entretenimento.

Ainda que seja o investidor majoritário, o comando da holding não está nas mãos de Nizan Guanaes, nem de outros publicitários. "A era Nizan acabou. Agora é a era de gerar valor aos acionistas e dar resultados aos clientes, parceiros e funcionários. Queremos conquistar o mercado de capitais", reforçou Guanaes.

Etapas
Atualmente, a holding é dividida em três grupos, o Ypy Propaganda, B\Ypy, de Serviços Especializados e o Ypy Conteúdo , e totaliza 13 agências. Estes grupos têm em seu portfólio uma diversidade de empresas no ramo de comunicação e oferecem o chamado full service, expressão adotada no mercado publicitário para designar o atendimento de marketing em vários segmentos de atuação, que muitas vezes disputam entre si a verba dos anunciantes.

"Temos interesse em novas aquisições e estamos constantemente olhando os melhores ativos do mercado. As áreas de mobile, branding e design passam a nos interessar", afirma Bazinho Ferraz , principal executivo do grupo e presidente da B\Ferraz.

No próximo ano, a prioridade será consolidar o crescimento do braço de serviços da holding para, em seguida, promover a internacionalização. Segundo os sócios, ele reúne os segmentos que mais vêm aumentando sua participação nos investimentos publicitários nos últimos anos, como marketing promocional, comunicação interativa e eventos. "Atualmente a participação da receita de publicidade nos grandes grupos chega a 40% e a tendência é que diminua", ressalta João Augusto Valente, sócio do B\Ypy.

Internacionalização
Para Nizan Guanaes, o segmento de serviços é visto como promissor para o projeto de internacionalização. "Acho difícil concorrermos com as agências de publicidade em grande parte da Europa e nos Estados Unidos, mas elas podem ter bons mercados em Portugal e no México. Na área de serviços, acho que temos um bom potencial competitivo em diversos os mercados", disse.

As novas agências do grupo possuem atuações consolidadas em diversos segmentos e continuam independentes, com autonomia total de gestão de seus sócios. Embora elas acabem disputando verbas entre si, o grupo possui uma área de estratégia de integração para ativar áreas em todos os clientes.

Alguns deles, já concorrem entre si. "A B\Ferraz e a New Style concorrem pelo Bradesco em planejamento estratégico. Cases como o do Guaraná Antarctica e do Terra são atendidos em propaganda pela DM9DDB e em serviços de comunicação pela Hello, Reunion e B\Ferraz", explica. "A integração também é uma estratégia para diluir os riscos de possíveis perdas de grandes contas".

Fonte: DCI

Nenhum comentário: