Publicações recentes

Publicações recentes:

14 junho 2007

Olympikus aposta no ponto-de-venda como diferencial

A fabricante de artigos esportivos Olympikus apostou numa reformulação de suas estratégias de marketing em ponto-de-venda (PDV) para melhorar a comunicação com seus clientes. Trata-se de um ambiente com características que reforçam o perfil da marca e dão ênfase ao seu principal produto – o tênis “Tube”, que dispõe de tecnologia anti-impacto. “Criamos um espaço arredondado e um layout que lembra a idéia de amortecimento do novo tênis”, conta o designer Luiz Magalhães, responsável pelo trabalho. Além disso, o ponto-de-venda da Olympikus conta com um monitor LCD no qual é possível assistir a campanha de publicidade do “Tube” desenvolvida para a televisão e mídia impressa. “Foi uma maneira que encontramos de relacionar a campanha publicitária com os displays do ponto-de-venda. Essa relação é muito importante, porque esse é o último contato mantido pelo consumidor antes da compra”, relata Magalhães. Por enquanto, a novidade está funcionando em uma loja da rede Paquetá em Porto Alegre/RS [pré-teste]. Mas os planos são de estendê-lo para outras unidades.

Mudança de pensamento – Segundo Magalhães, até pouco tempo, os investimentos em PDV ainda eram vistos como secundários no planejamento de divulgação das empresas brasileiras. Agora, esse quadro mudou. Algumas companhias chegam a destinar metade da verba de divulgação para a criação de PDV, embalagens, logotipo, entre outros pontos. “Demorou, mas as empresas daqui perceberam que as grandes marcas internacionais traziam junto todo um suporte de PDV e decidiram fazer o mesmo”, conta Magalhães. Ele acredita que não adianta gastar quantias enormes em publicidade e deixar de lado a última relação com clientes, que é mantida no ponto-de-venda. “Se na hora da compra a comunicação falhar, o investimento realizado antes será inútil”, defende o designer.

Revista Amanhã - 08/06/07

Nenhum comentário: