Publicações recentes

Publicações recentes:

17 agosto 2006

Classe popular quer a mesma sofisticação da classe A

Profissionais, mídia, agências de propaganda e clientes devem ter com os consumidores populares os mesmos cuidados que têm com os consumidores de luxo. Campanhas publicitárias e marketing devem fazer uso de técnicas sofisticadas para todos os tipos de público.

Existe uma demanda reprimida gigantesca na classe popular e isto não é levado em conta pelos profissionais que atuam em marketing. A oferta de crédito para esta classe tem crescido em média 25% ao ano nos últimos 5 anos. Isto é pouco perto da vontade maior que o consumidor popular tem de acesso aos produtos.

O mercado deve avaliar e identificar as reivindicações da classe popular no que diz respeito a consumo e desenvolver produtos adequados ao bolso do cliente. No segmento de luxo, o cliente é avaliado pelo seu comportamento. No popular, o cliente deve ser avaliado pelo produto que ele está buscando. O ideal é ouvir o cliente, entender o que ele quer e ver o que cabe no bolso.

[Baseado em entrevista de Marcelo Velloso, da Losango, à Consumidor Moderno]

Nenhum comentário: