Publicações recentes

Publicações recentes:

28 novembro 2011

PIB deve crescer 5% em 2012

Apesar do agravamento da crise na Europa, há fatos que apontam para um crescimento entre 4,5% e 5% no PIB brasileiro para 2012, o que é uma ótima notícia.

O governo montou um pacote de investimentos para 2012, dentro de sua estratégia para alcançar uma taxa de crescimento do Produto Interno Bruto (PIB) de 5%, apesar da crise internacional. Novas concessões de rodovias, os leilões dos aeroportos, investimentos da Petrobrás, a segunda etapa do programa Minha Casa Minha Vida e o Plano Nacional de Banda Larga (PNBL) fazem parte do plano.

Enquanto em 2011 o crescimento econômico foi puxado pelo consumo, no próximo ano o motor deverá ser o investimento.

O reajuste de 14,3% no valor do salário mínimo, que passa dos atuais R$ 545,00 para R$ 622,73 em janeiro, deverá injetar cerca de R$ 64 bilhões na economia brasileira em 2012. A destinação desses recursos para consumo ou pagamento de dívidas tende a acelerar os negócios e permitir que o PIB volte a crescer no primeiro trimestre do ano que vem, depois de ficar praticamente estagnado ao longo do segundo semestre de 2011.

Para Jim O’Neill, economista criador do termo BRIC, acredita que o Brasil pode se tornar um país desenvolvido em 20 anos. Até o fim desta década, a renda per capita do país terá dobrado. A economia está hoje perto de US$ 2 trilhões e o PIB per capita, próximo de US$ 15 mil. Talvez até o fim desta década seja de US$ 30 mil. Mas é preciso mais investimentos do setor privado e inovação.

Fonte: Matérias do jornal O Estado de S. Paulo - 27/11/2011

Nenhum comentário: