Publicações recentes

Publicações recentes:

13 fevereiro 2011

Classes C, D e E somam mais de 52% de audiência na internet

Pela primeira vez as classes C, D e E passaram a responder pela maior parte da população que acessa a internet no Brasil, com 52,8% dos acessos, contra 47,2% das classes A e B, somadas. Segundo a previsão do Interactive Advertising Bureau (IAB), órgão que representa o segmento digital brasileiro, esse mercado deve crescer ainda mais em 2011, com a massificação dos celulares de 3G, que devem passar de 14,6 milhões de aparelhos para 35 milhões até o final do ano, acirrando a briga entre as operadoras por usuários de banda larga móvel.

Para o presidente do IAB, Fábio Coelho, o número de acessos no País deve crescer motivado pelo pela tendência de queda dos preços dos pacotes de banda larga e por programas de governo que subsidiarão parte do valor mensal, como o Plano Nacional de Banda Larga (PNBL). Coelho explica que apesar de a maior parte dos celulares no País ser de pré-pagos e de ainda não haver um sinal de mudança nesse horizonte, aos poucos os usuários pré-pagos começam a ter acesso a dados.

No ano passado, a audiência na internet brasileira foi de 73,7 milhões de pessoas. A expectativa do IAB é que este número cresça 10% em 2011, atingindo mais de 81 milhões de pessoas.

Apesar de a internet representar apenas 4,49% do bolo publicitário (a TV aberta ainda domina com uma fatia de 63,11%), o crescimento do número de internautas deve acelerar os investimentos no segmento. O investimento em publicidade on-line deve crescer 25% este ano, chegando a R$ 1,55 bilhão. No ano passado a cifra chegou a R$ 1, 23 bilhão. Segundo o IAB, no exterior as empresas investem até 20% de seus orçamentos publicitários na mídia digital. No Brasil este montante não chega a 10%.

"As empresas estão percebendo que para se aproximar dos jovens e comunicar-se com as próximas gerações elas terão de estar na internet. Mas ainda há empresas que não percebem este meio como espaço publicitário permanente, altamente segmentado e que pode atingir diretamente o público-alvo", diz.

Fonte: DCI - 02/02/2011

Nenhum comentário: