Publicações recentes

Publicações recentes:

06 outubro 2008

Apesar de endividado, consumidor de baixa renda acredita no futuro

Segundo pesquisa, consumidores avaliam sua situação melhor do que a de seus pais e projetam muito mais para os próprios filhos

De acordo com uma pesquisa realizada pelo Ibope Inteligência, em parceria com a Troiano Consultoria de Marca, intitulada "O consumo popular e as marcas: construindo confiança para gerar valor", o consumidor de baixa renda, apesar de endividado, está otimista.

O estudo, que abrangeu nove regiões metropolitanas do Brasil e ouviu 3.003 pessoas, de 18 a 59 anos, com renda familiar de um a três salários mínimos, constatou que 70% dos entrevistados estão com dívidas no momento e 58% declararam estar mais endividados do que há dois anos. Entretanto, as pessoas avaliam a sua situação melhor do que a de seus pais e projetam muito mais para seus filhos.

"O brasileiro que caminha rumo à classe média acredita muito no futuro", afirma um dos coordenadores da pesquisa, Marcelo Coutinho.

Marcas X Preços

Segundo Coutinho, além da melhoria de renda e emprego, as marcas também contribuem para o otimismo desta classe de consumidores. "Mais do que para o público AB, essas pessoas vêem as marcas como parceiras de seus projetos de futuro. As marcas são a materialização dos sonhos", diz.

Conforme o estudo, o preço não é tudo que o cliente procura em um produto, nem mesmo àqueles com menor poder aquisitivo. A estratégia de depenar produtos ou baixar a qualidade na busca por preços mais agressivos não funciona.

A pesquisa lembra que o consumidor conhece a relação custo/benefício de produtos e serviços, sendo que qualidade é fundamental. Por outro lado, os pesquisadores admitem que estar na mídia confere credibilidade e simpatia ao produto, além de instigar a curiosidade do consumidor.

Fonte: Infomoney - 03/10/08

Nenhum comentário: