Publicações recentes

Publicações recentes:

26 setembro 2008

Publicidade online por vídeo se destaca nos EUA

Segundo estudo da eMarketer, quase 130 milhões de pessoas serão impactadas por este tipo de ação neste ano, e o número crescerá para 183 milhões em 2013

O crescimento da publicidade em vídeos na internet depende da audiência e da capacidade de atrair novos espectadores. Hoje 67% dos usuários de internet nos Estados Unidos têm contato com algum tipo de publicidade em vídeos na internet, seja em banners, em meio a textos, ou streaming. "Estimamos que por volta de 2012, quatro em cada cinco internautas consumirão publicidade em vídeos na internet. Isso significa que ela estará massificada", diz o analista do eMarketer, David Hallerman.

A empresa, que fez a pesquisa, projeta que até o final do ano 129,5 milhões de pessoas naquele país assistirão a vídeos online com publicidade neste ano, e que o número deve crescer para 183,3 milhões em 2013. "Um fator-chave para o crescimento é o advento de conteúdos de vídeos com qualidade profissional e confiáveis, o que atrairá mais audiência, dando às marcas o alcance de massa que elas buscam", afirma Hallerman.

Hoje, a maior parte do conteúdo está em videos curtos, com menos de 15 segundos. "Mas o crescimento de vídeos mais longos, como episódios de séries, programas para web, transmissão de eventos esportivos e filmes, vão ampliar as possibilidades", aposta. Esse vídeos mais longos não deverão substituir a televisão, mas podem ampliar a audiência e mostrar coisas que o tubo não pode cobrir inteiramente. Exemplos citados pelo eMarketer são os Jogos Olímpicos e as convenções políticas dos Estados Unidos.

Fonte: Meio & Mensagem - 25/09/08

-----

A Folha de S. Paulo do dia 24/09 deu uma dica de sites que têm se destacado por facilitar a distribuição de conteúdos em vídeo (além do YouTube):
www.kyte.com
12seconds.tv
www.sonicswap.com
tv.blinkx.com

www.dailymotion.com
www.blip.tv
www.maniatv.com
crackle.com

Nenhum comentário: