Publicações recentes

Publicações recentes:

09 maio 2007

Varejo vira coisa de cinema em nova campanha da GM

A Salles Chemistri opera gestos heróicos na nova campanha de varejo da General Motors. Não que a montadora precise ser salva, longe disso, já que teve recorde de vendas em 2006 e vem superando suas marcas. O heroísmo está nas figuras que protagonizam toda a comunicação, considerada por eles uma inovação no modo de se produzir varejo.

Toda a idéia amadureceu graças à parceria firmada entre a agência, a empresa e a Fox Film, que aproveitou o futuro lançamento de seu novo longa-metragem Quarteto fantástico e o Surfista prateado para disponibilizar cenas do filme e seus personagens aos criativos da Salles.

A campanha foi desenvolvida com estrutura de superprodução. Para poder usufruir do material da Fox, Hugo Rodrigues, diretor de criação da Salles, precisou pensar em todos os detalhes e padrões que deixassem a publicidade em qualidade de imagem e produção semelhantes às do filme. Seguindo essa linha, a agência recorreu ao cineasta brasileiro Bruno Silveira, que teve a missão de conduzir as gravações de forma em que cada cena do longa pudesse ser encaixada com suas tomadas de forma natural, sem grande diferença de linguagem.

“Chegar em um padrão como o de Hollywood é um grande desafio. Foi a primeira vez que eu contei com um set desse porte, com helicópteros, explosões e todo o apoio necessário”, relatou o diretor através de um vídeo gravado para ser exibido nesta terça-feira, 8 de maio, durante a coletiva de apresentação da nova campanha na nova sede da Salles Chemistri, no bairro da Vila Olímpia, em São Paulo.

O resultado agradou os três vértices da parceria. “Deixaram invisível a diferença entre a nossa produção e o filme da Fox. E esse era o intuito”, salienta Samuel Russel, diretor de marketing da GM.

Rodrigues completou com a opinião de quem só viu os comerciais depois de prontos. “Algumas pessoas da agência confundiram as cenas feitas por nós com as cenas originais, perguntando se algumas delas faziam ou não parte do filme de verdade.”

Além da mídia televisiva foram desenvolvidos anúncios impressos, para internet e material de ponto-de-venda. A comunicação publicitária nesses meios também aproveitará as imagens e características dos personagens do quarteto e do famoso vilão "prateado" como forma de impacto, sempre carregando a idéia de varejo.

Do lado da Fox ficou apenas a preocupação com a qualidade do trabalho executado, que pareceu ser satisfatória para a empresa. “Visitei Vancouver para acompanhar algumas gravações de filmes da Fox. Posso dizer que a produção daqui não ficou muito atrás do que vi por lá”, enfatiza Tito Liberato, diretor de marketing da Fox Film. Todas as peças produzidas passaram por aprovação no escritório central da empresa, em Los Angeles.

Obviamente, a divulgação de estréia do Quarteto fantástico e o Surfista prateado será fortemente reforçada pela campanha da GM, mas não será única. A Fox Film ainda conta com uma verba de R$ 6 milhões para sua própria campanha, que deverá ser elaborada pela MPM Propaganda, agência que atende a conta. Mas a partir de 14 de maio os super-heróis já poderão ser vistos em meio a Vectras, Celtas, explosões e, é claro, ofertas.

Fonte: Portal da Propaganda

Nenhum comentário: