Publicações recentes

Publicações recentes:

21 abril 2007

Second Life Brasil entra oficialmente no ar e oferece espaço publicitário e promocional

A partir do dia 23 de abril, quando o Second Life Brasil estará oficialmente no ar, as empresas terão mais um canal para desenvolver as suas ações de marketing. O iG e a Kaizen Games desenvolveram pacotes que já estão disponíveis para o mercado e possibilitam que as empresas façam promoções, ofereçam amostras de produtos aos usuários, simulem situações de uso, realizem pesquisas e eventos ou simplesmente marquem presença no universo da segunda vida com um espaço institucional. O período de contrato é de um ano e os valores variam de R$ 30 mil a R$ 100 mil por mês durante os primeiros seis meses. O iG ainda oferece a oportunidade de customização dos projetos. O iG e a Kaizen Games lançam inicialmente no mercado opções de mídia avulsa e cinco pacotes comerciais. Neste último caso, estão contemplados patrocínios de tutoriais – áreas onde os novos avatares aprendem a viver na comunidade – e espaços para ações institucionais e de relacionamento.

Morar, decorar e experimentar virtualmente um apartamento em três dimensões. Esta é a proposta da Incorporadora Rossi, que acaba de fazer sua primeira incursão no Second Life, a mais recente febre da internet. Desenvolvido pela AgênciaClick, o empreendimento de alto padrão retrata o edifício Brooklin To Live, lançado recentemente em São Paulo. A Rossi, aliás, é a primeira companhia nacional a finalizar um prédio residencial no Second Life, cujo projeto recebeu investimentos de R$ 80 mil. “A intenção é amplificar a experiência do comprador do imóvel de alto padrão. No Second Life, as possibilidades de demonstração são muito maiores“, afirma em comunicado à imprensa o vice-presidente de tecnologia e projetos da AgênciaClick, Abel Reis. “Ao comprar um imóvel na vida real, o cliente receberá também um imóvel virtual no Second Life, juntamente com um inventário de móveis para fazer testes de decoração e de layout do apartamento. E, ao clicar nos móveis, o cliente terá acesso ao site da loja Etna para obter informações ou até comprá-los”, explica no mesmo comunicado o gerente de marketing institucional da Rossi, Rafael Rossi. O Second Life registra atualmente 5,4 milhões de usuários. Estima-se que, desse total, 300 mil sejam brasileiros. Somente no último mês, a base de cadastrados cresceu 20%.

Fonte: Portal da Propaganda

--

Obs.: Acredito que essas empresas estão certas em investir em novos espaços de relacionamento com um público formador de opinião (como o do Second Life), pois também divulgam ao grande público - usando mídias mais convencionais - que estão associadas a inovações. Mas certamente um cálculo de retorno do investimento que leve em conta apenas as vendas geradas a partir de usuários do Second Life não mostrará viabilidade econômica. Apenas a mídia expontânea gerada em outros meios, ajudando a fixar a marca, justifica custos tão altos.
- Arnaldo.

Nenhum comentário: