Publicações recentes

Publicações recentes:

20 março 2007

Web 2.0 terá impacto decisivo sobre os negócios

Nos próximos anos blogs e outras tecnologias da Web 2.0 terão impacto decisivo sobre o mundo dos negócios. Foi o que afirmou Peter Sondergaard, chefe global da firma de pesquisas Gartner, aos diretores de empresas presentes na feira alemã CeBIT 2007.

Peter explicou que até o momento blogs e comunidades como o MySpace já entraram na vida dos consumidores, mas que o impacto será realmente grande nos próximos anos.

Atualmente a Web 2.0 já começou a ser utilizada como meio de divulgação e interação com os consumidores. Diversos executivos utilizam blogs para interagir com clientes, e ferramentas populares, como o Wiki (utilizado na enciclopédia virtual gratuita Wikipedia), já começam a ser comercializadas por empresas como IBM e Microsoft para interação e colaboração entre funcionários.

Um dos maiores representantes desta mudança, no entanto, talvez seja o mundo virtual Second Life, que já atraiu diversas grandes e pequenas empresas pela gigantesca possibilidade de marketing.

Para Peter, todo este movimento faz parte de uma lenta mudança no mundo dos negócios, no tocante ao provimento de produtos e serviços. "Esta é a próxima grande mudança na tecnologia. Durará 15 anos, mas são os próximos cinco anos que decidirão quais empresas prosperarão e tirarão vantagem das novas ferramentas", explicou.

Ben Verwaayen, CEO da operadora British Telecom, diz que concorda com a importância das tecnologias, mas vê desafios em colocá-las em ação. "Ele é um consultor e eu sou um CEO. Ele não precisa se preocupar com o fato de poder ir preso, caso possua uma rede comunitária em sua organização e, através dela, sejam divulgadas informações financeiras", rebateu.

Verwaayen diz que a princípio o analista está certo, mas acredita que, mesmo abertos às novas tecnologias, os líderes devem decidir qual o tempo certo, e devem ter a "habilidade de resistir ao que está na moda".

Mas outros sinais de mudanças graças à Web 2.0 já podem ser vistos hoje em dia, como no caso do banco HSH Nordbank, de Luxemburgo, que criou um blog para que seus 130 funcionários discutissem, anonimamente, as diretrizes da companhia.

Em alguns casos de companhias financeiras, a adoção de serviços da Web 2.0 precisa enfrentar barreiras como regulamentações e a necessidade de uma segurança mais restrita, o que não foi impedimento para o Nordbank. "Se você pensar primeiro em regulamentos nunca fará nada", afirmou Manfred Reif, diretor gerencial do banco.

Sondergaard disse que a maior parte dos diretores é de "imigrantes digitais", o que dificulta o entendimento das novas tecnologias. "Os nativos digitais têm 16 anos de idade, são seus filhos e filhas", declarou, acrescentando que agora é o período de testar internamente estas ferramentas, porque estes "jovens nativos" decidirão como irão querer trabalhar e com quem farão negócios no futuro.

Terra Tecnologia

Nenhum comentário: