Publicações recentes

Publicações recentes:

16 outubro 2006

Este é o momento para produtos e serviços que oferecem bem-estar

A demanda por produtos, lojas, conceitos e marcas relacionados com bem-estar, cuidados pessoais e saúde se transforma na tendência maior no cenário de negócios.

A demanda por produtos diet e light cresceu 800% nos últimos dez anos. Dois terços dos lares norte-americanos já consomem produtos orgânicos. A demanda por esses produtos é 30% maior que oferta nos Estados Unidos, num mercado atualmente estimado em US$ 15 bilhões.

Lojas, spas, hotéis, restaurantes, hospitais, clínicas, academias, agências de viagens, pousadas e navios, todos estão revendo sua oferta de produtos, marcas e serviços, com foco no aumento de demanda e despesas com o trinômio mágico dos cuidados pessoais, saúde e bem-estar.

Recente estudo divulgado pelo Worldwatch Institute estima que existam 300 milhões de obesos no mundo, justificando essa preocupação. No âmbito local, pesquisa realizada pelo Hospital Albert Einstein de São Paulo com 4000 empresários mostrou que, entre os homens, 71% estavam acima do peso e, entre as mulheres, 26%.

A revisão dos conceitos ligados à alimentação cria uma nova indústria e redesenha a oferta existente.

Varejistas como a rede norte-americana Whole Foods, focada em produtos orgânicos e naturais, têm crescimento constante e muito acima da média de mercado e o aumento da demanda faz com que busquem novos fornecedores, inclusive no mercado brasileiro.

As principais redes de supermercados da Europa, Estados Unidos e também no Brasil têm ampliado não só a área de produtos orgânicos, como também a de cosméticos e cuidados pessoais.

Crescem as redes de lojas do segmento de cosméticos e beleza, com novas operações e marcas focando a crescente preocupação e as despesas dos consumidores, em especial das consumidoras.

Novas opções são apresentadas, estimulando o consumo de produtos e também criando novos espaços e especialidades.

Os próprios conceitos que envolvem tratamentos de beleza estão se alterando pela evolução das alternativas de dentro para fora, com o desenvolvimento da cosmecêutica, combinação de cosmética e aplicações terapêuticas, e a nutracêutica, integrando cosméticos e alimentos e criando produtos como o chocolate Borba, que auxilia no branqueamento da pele.

Nos varejistas mais sintonizados, a preocupação crescente dos consumidores cria novas oportunidades para produtos e serviços. A rede Nordstrom de lojas de departamentos de moda nos Estados Unidos está testando o negócio de spas dentro de suas lojas, tirando proveito do reconhecimento que tem da excelência de seus serviços e, ao mesmo tempo, cria alternativas para aumento das receitas na venda de produtos e tratamentos.

Todo esse desenvolvimento está centrado na busca do equilíbrio possível entre as demandas de um mercado mais competitivo, com mais tempo dedicado ao aperfeiçoamento pessoal e profissional e com maiores demandas envolvendo o desenvolvimento de habilidades e competências, desaguando numa equação que busca um novo ponto de equilíbrio através de atividades, alimentos, tratamentos, produtos e comportamento que resgatem a juventude, a beleza e o sentir-se bem.

Se olharmos à frente, e não precisa ser muito, se existe uma tendência irreversível, com potencial de crescimento e expansão muito maior do que o atualmente vivido, e com crescente volume de negócios em todo o mundo, essa é a do trinômio mágico da saúde, beleza e bem-estar.

Fonte: GS&MD

Nenhum comentário: