Publicações recentes

Publicações recentes:

21 março 2007

Baixa renda, alta conectividade

Mais da metade dos indivíduos das classes C, D e E já utiliza o celular para envio de mensagens nas comunicações interpessoais. Estimulados pelo custo menor que o das ligações de voz, do total de usuários dessa comunicação, 32% são da classe C e 19% pertencem às classes DE, ante 49% de usuários das classes AB. Os dados constam de estudo sobre conectividade realizado pelo instituto de pesquisa de consumo domiciliar LatinPanel.

O levantamento, realizado em dezembro de 2006, tem como base uma amostra de 19.830 indivíduos de todo o país. O estudo aponta que 31% dos indivíduos lançam mão do celular para envio e recebimento de mensagens. A região Sul é campeã nesta modalidade de comunicação. Cerca de 40% dos gaúchos usam o recurso em aparelhos de telefonia móvel. A região Leste (Minas Gerais, Espírito Santo e interior do Estado Rio de Janeiro) vem em segundo lugar com 39% de utilização da ferramenta. A Grande Rio de Janeiro é terceira colocada (36%), no que é seguida por Centro Oeste (32%), Grande São Paulo (28%) e Norte e Nordeste (25%). O interior de São Paulo é lanterninha neste quesito. Apenas 23% dos indivíduos do rico interior paulista mandam mensagens de texto pelo celular.

A pesquisa da LatinPanel também investigou o uso de programas de mensagem instantânea como ferramenta pelos usuários de computador. Os dados mostram que 10% dos brasileiros aderiram à ferramenta que permite conversar em tempo real com os demais usuários. Neste caso, a Grande Rio de Janeiro é o mercado de maior adesão. Cerca de 15% dos indivíduos da capital fluminense são usuários do messenger. Na segunda posição surgem empatados os paulistanos (13%) e os gaúchos (13%), sucedidos por interior de São Paulo (12%), Centro Oeste (10%), região Leste (95) e Norte e Nordeste (7%).

O Orkut também tem grande presença no país. Cerca de 10,7% dos indivíduos declaram fazer parte da comunidade. Mais uma vez, a Grande Rio é destaque, com índice de 16,2%. Os indivíduos da Grande São Paulo são a segunda maior comunidade do Orkut (14,9%). Os gaúchos ficam na terceira colocação (12,4% dos indivíduos), acima de paulistas do interior (11,7%), região Leste (9,6%), Norte e Nordeste (7,3%) e Centro Oeste (7,2%).

Já as TVs por assinatura alcançam um número significativamente menor de usuários. No total Brasil, apenas cerca de 6,8% dos indivíduos têm TV à cabo. Disparada na liderança, a Grande Rio de Janeiro é a região do país com maior percentual de indivíduos com acesso ao serviço (16,6%), 8,6 pontos percentuais acima da média nacional e 4,7 pontos percentuais a mais que os 11,9% de indivíduos que assinam o produto em São Paulo, segundo no ranking da LatinPanel neste quesito.

Fonte: Consumidor Moderno

Nenhum comentário: