Publicações recentes

Publicações recentes:

22 fevereiro 2007

Marketing conectado

O livro Connected Marketing (Marketing Conectado), lançado no final de 2005, teve suas previsões atualizadas.

Veja abaixo as 10 previsões para marketing viral, buzz marketing (que poderíamos traduzir como ‘marketing do buxixo’) e campanhas boca-a-boca:

1. O marketing conectado se tornará mais estratégico, mudando o foco de promoções (campanhas) para inovações (produtos).

2. Medidas de retorno sobre o investimento se tornarão obrigatórias. Novas medidas surgirão, como “taxa de defensores da marca” ou “pressão para o aumento das vendas”.

3. O rastreamento (do trajeto percorrido pela mensagem) em campanhas boca-a-boca será uma medida importante em pesquisas de marca.

4. As novas ferramentas de marketing online (buxixo, viral e boca-a-boca) se integrarão às outras do composto de marketing (propaganda, promoções, relações públicas, etc.).

5. Gerenciar e evitar a propaganda boca-a-boca negativa, online (no mundo virtual) e offline (no mundo real), será uma área do marketing conectado cada vez mais importante.

6. O entretenimento online patrocinado (com marcas aparecendo em sites de diversão, games, realidade virtual, etc.) será mais usado como peça-chave de contato com os consumidores para marcas do setor de entretenimento.

7. As técnicas desenvolvidas para ações de marketing conectado serão adaptadas para gestão de mudanças e comunicação interna.

8. As técnicas desenvolvidas no marketing viral, de buxixo e boca-a-aboca serão cada vez mais adotadas em programas de CRM (gestão do relacionamento com o cliente) como ferramentas de retenção e aquisição de clientes (para transformar os compradores em defensores da marca).

9. Os telefones celulares evoluirão rapidamente para se tornar uma mídia importante para a divulgação de promoções de marketing conectado, como convites “móveis” (no celular), códigos para descontos em produtos por SMS (sistema de mensagens curtas de texto), etc.

10. Os profissionais de marketing poderão eventualmente localizar influenciadores de compra por código postal, pelo ponto-de-venda em que estarão buscando os produtos escolhidos, etc.

Nenhum comentário: